Constelação organizacional

Constelação Organizacional é uma metodologia de consultoria para empresas e organizações, derivada do trabalho original do filósofo alemão Bert Hellinger

shutterstock_178311599.jpg

Constelação Organizacional é uma metodologia de consultoria e suporte oferecida a empresas e organizações. Baseada na teoria de aconselhamento, a Constelação Familiar, desenvolvida pelo filósofo e psicoterapeuta alemão, Bert Hellinger, tem como objetivo oferecer soluções efetivas aos problemas relativos ao contexto empresarial.

Tudo começou, em 1995, quando durante um congresso, Hellinger, a pedido de um amigo, usou pela primeira vez a sua metodologia de orientação familiar para ajudá-lo em 

questões referentes à sua empresa. Não parou mais, pois daí, em diante, diversos consultores empresariais, de todo o mundo, passaram a utilizar a Constelação Organizacional em suas consultorias.

Princípios da Constelação Organizacional
O modelo da Constelação Organizacional se tornou tão acessível e comum a pessoas e empresas de diferentes nações e culturas porque, segundo um estudo do próprio Bert Hellinger, o relacionamento humano dentro e fora das empresas, depende de três princípios básicos para acontecer. São eles:

Hierarquia (ordem e sistematização);


Pertencimento (direito de pertencer ao sistema);
Igualdade/Equilíbrio (trocas justas ao dar e receber algo).
Compreender estas informações dentro de um sistema organizacional é essencial para assimilar as informações trazidas pelo processo de constelação. Digo isso porque as empresas são formadas, em primeiro plano, por pessoas e são estes indivíduos que trazem os resultados que ela busca. Assim, quanto mais o cliente está ciente do mindset de seus colaboradores, melhor será o aproveitamento deste tipo de dinâmica.

 

Exemplo de Como Funciona Uma Constelação –
Neste processo, o cliente apresenta ao constelador organizacional seu problema e, com base neste, ele irá escolher pessoas desconhecidas (de fora da empresa) para representar seus colaboradores, líderes, departamentos, clientes e também os seus produtos durante a constelação organizacional.

No primeiro momento, o cliente irá, intuitivamente, escolher os lugares onde acha que cada pessoa deve estar.

 

Após fazer isso, cada um dos representantes dirá exatamente o que está sentido naquela posição, onde gostaria de ir e estar e também indicará se precisa incluir algo ou alguém no processo.

Feito isso, os representantes da empresa devem ser mover até que cheguem ao estado desejado, ou seja, ao lugar onde acreditam que realmente deveriam estar na organização, de modo que isso traga os resultados esperados e o equilíbrio e tranquilidade a todos os sistemas da empresa.

Vale ressaltar ainda que em casos mais drásticos, onde o cliente não se sente confortável para expor seu problema a terceiros, a Constelação Organizacional pode ser realizada apenas com sua presença e a representação de objetos. Aqui, podem ser utilizados bonecos de lego, por exemplo, que irão assumir o papel das pessoas envolvidas e conferir total discrição ao processo.